sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Dep Eduardo Bolsonaro visita 44 PMs presos em Fortaleza



Deputado federal pelo PSC de São Paulo, Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, visitou, nesta quarta-feira, policiais militares presos sob acusação de participarem de uma chacina que matou 11 pessoas e feriu outras cinco em Grande Messejana, um distrito de Fortaleza, no Ceará, em novembro de 2015. A prisão dos PMs foi decretada no fim de agosto por três juízes de primeiro grau em atuação na 1ª Vara do Júri.


PMs PRESOS POR TRABALHAR
Em minha visita ao Ceará fui ao batalhão prisional da PM ouvir os policiais detidos em razão da chacina de Curió. São 44 PMs presos preventivamente - e não disciplinarmente - com base em denúncias genéricas. Ou seja, não há a individualização da conduta de cada um, bastou estarem de serviço naquele fatídico dia. É como se ocorresse um assassinato no seu prédio e prendessem todos os moradores dele em razão disso. Essa é a política de DIREITOS HUMANOS NO BRASIL. Coloque-se no lugar desses profissionais, qual estímulo você teria para trabalhar? A segurança pública está desse jeito não é a toa!


0 comentários :

Postar um comentário