domingo, 13 de agosto de 2017

"A sociedade sangra" diz secretário de segurança do RJ sobre mortes de Policiais

Secretário de Segurança fala sobre mortes em enterro de PM: ‘A sociedade sangra’
Roberto Sá esteve no enterro de soldado morto ao levar um tiro no rosto


Dezenas de companheiros de farda de Samir estiveram no enterro - Foto / Pedro Zuazo

RIO — O secretário de Segurança do Rio, Roberto Sá, esteve no enterro do soldado Samir da Silva Oliveira, de 37 anos, neste sábado, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste da cidade. Ele fez questão de manifestar solidariedade à família e a todos os agentes mortos em serviço.

— Vim prestar uma homenagem a todos os policiais civis e militares que têm tombado em combate. Tenho muito orgulho dessa polícia que está sangrando. Quando a polícia sangra, a sociedade sangra. É um ataque à democracia — afirmou.

Samir morreu na noite desta sexta-feira, ao levar um tiro no rosto, depois de abordar um veículo suspeito, na Rua 24 de Maio, no Méier, Zona Norte. Dentro do carro estavam quatro criminosos armados com três pistolas e um fuzil.



FONTE: O GLOBO RJ

0 comentários :

Postar um comentário